Conjunto tensor, Pinça ISO, Pinça HSK, Pinça Capto, Power Check II, Dinamômetro, Mola espiral, União rotativa, Drawbar, Cabeçote de fixação, Mola prato, Mola ondulada, DIN 2093, Adução Hidráulica, Elemento de apoio, Cilindro hidráulico, Multiplicador de pressão, Acoplamento, Elemento de fixação, Morsa de precisão, Dispositivo de fixação, Encoder, Limitador de torque,  Sensor,  Válvula hidráulica.

Engrefer C.C.R. Eireli 2018. Todos os direitos reservados. Site desenvolvido por Agência TrêsDoisUm.

SISTEMAS AUXILIARES

 

INWEST

INWEST é um sistema eletrônico de medição de distância que monitora o posicionamento da ferramenta. O sistema combina sensores eletrônicos com uma chave limitadora, que graças ao seu design compacto pode ser integrado as unidades de abertura Ott-Jakob.
O sistema é composto por um sensor indutivo na unidade de abertura, um anel de posicionamento no conjunto tensor e sensores eletrônicos. O sistema INWEST detecta a posição do conjunto tensor e possibilita identificar os três status: Aberto, Fechado com ferramenta e Fechado sem ferramenta. O sinal enviado ao CNC da máquina pode ser analógico (4-20 mA ou 2-10 V) ou digital (S1, S2, S3), podendo ser enviado durante a rotação ou quando o sistema está parado.
As medições analógicas são analisadas pelo CNC da máquina ou por um controle de posicionamento incorporado a ela. Um controlador de posicionamento externo pode ser conectado também, de forma a mostrar as medições efetuadas no display.
Uma interface USB, o Software desenvolvido pela Ott-Jakob e um Computador Windows são necessários para programar os sinais digitais de saída. As tolerâncias necessárias para as ferramentas podem ser identificadas com o uso do Power Check II da Ott-Jakob.

 

MONITORAMENTO DE CONDIÇÕES DAS UNIÕES ROTATIVAS

Vantagens do monitoramento

A detecção prévia de falhas no processo de produção é o principal fator de otimização das máquinas. Os sistemas de monitoramento da OTT-Jakob para uniões rotativas identificam potenciais fontes de interrupção e previnem contra paradas de máquinas não programadas. Dois sistemas confiáveis, o Monitor de Vazamentos e Monitor de Desgastes, estão disponíveis para um monitoramento contínuo das condições do seu spindle.

 

Monitor Interno de vazamento (1K-GD-CM)

O monitoramento interno de vazamento é montado dentro da união rotativa. Um sensor de duas camadas detecta a vazão de líquidos na bucha de vedação e no rolamento da união rotativa. O sistema de controle da máquina, conectado ao sensor, consegue avaliar os dados captados. Como um componente modular do sistema Ott-Jakob, Uniões rotativas com sensor interno de monitoramento de vazamento podem ser instaladas sem a necessidade de qualquer ajuste.

Monitor externo de vazamento

Com o monitor externo de vazamento, o sensor é posicionado em um dispositivo de medição conectado à união rotativa através de um tubo. Se o limite predefinido para vazão é excedido dentro do tubo, um sinal é emitido e aparece diretamente no dispositivo de medição ou pode ser enviado ao CNC da máquina. O monitor externo de vazamento pode ser instalado posteriormente, sem necessidade de substituição da união rotativa e pode ser usado também em uniões rotativas desenvolvidas por terceiros. O sensor é projetado para detectar a vazão de líquido refrigerante, óleo hidráulico e água.

 

Monitor de desgastes

Um sensor integrado registra a taxa de material removido calculando o grau de desgaste das vedações da união rotativa.

 
 

KAS

O monitoramento do pistão da unidade de abertura é de grande importância para a disponibilidade e confiabilidade da máquina. O monitoramento de posição do pistão KAS, desenvolvido pela OTT-JAKOB, é um sistema que monitora continuamente a posição do pistão.

O sistema é baseado em um sensor embutido na unidade de abertura, detectando assim automaticamente a posição do pistão.

KAS garante que o pistão de abertura não venha a ter contato com os elementos em rotação da máquina durante a usinagem.
O sistema é baseado em um sensor embutido na unidade de abertura, e que detecta automaticamente a posição do pistão. Assim que o pistão atinge um ponto de segurança, um sinal digital é enviado ao sistema de controle da máquina. Este sinal informa que o spindle está livre e pode iniciar o trabalho.
Graças ao seu tamanho, o KAS pode ser integrado à unidade de abertura sem que esta altere suas dimensões. Não é necessário nenhum tipo de sensor externo.

PLANKO

Durante a usinagem, cavacos podem se misturar com a refrigeração e formar uma substância impregnante nas ferramentas e seus componentes. Esse tipo de contaminação é especialmente problemático tratando-se das superfícies de contato da ferramenta. Corpos estranhos com apenas centésimos de milímetros podem causar um desalinhamento na fixação da ferramenta.

Para garantir um perfeito processo de usinagem, a área de contato entre o spindle e o porta-ferramentas deve ser monitorada.

O sistema PLANKO, desenvolvido pela OTT-JAKOB, é um sistema totalmente novo, projetado para monitorar essas superfícies de contato. Utilizando-se de um radar eletrônico de alta potência, esta tecnologia patenteada pela OTT-JAKOB, pode identificar desalinhamentos na casa de mícrons.

O sistema consiste em um módulo eletrônico integrado ao cone do spindle. Ele avalia as áreas de contato e a compara com uma medida pré-estabelecida como referência. Se a medição feita for divergente do parâmetro, então um sinal é enviado ao CNC da máquina.

 
 

GAUS

O sistema GAUS, desenvolvido pela OTT-JAKOB, monitora por telemetria a tensão, temperatura e vibrações nas partes rotativas do spindle. Monitorar estes parâmetros leva a uma alta qualidade nos processos e prolonga a vida útil e confiabilidade do spindle.
Características:
•    Sistema compacto;
•    Alta transferência de dados, mesmo durante rotações até 30.000 RPM.